Sobre o Projeto

O Instituto Via Cultural trabalha desde 2005 realizando projetos de arte e cultura para construir um mundo mais acessível, igualitário e possível. A História pode ser revista e reescrita. Relações, aspirações, ideias e concepções, ocorrem e mudamos o esperado. A Arte, a Linguagem, o Cenário Territorial - como universo tangível pela ação de pessoas e como repertório visível das relações, expressões e sentimentos cristalizados em tempo e espaço, criam formas de transmissão histórica e antropológica.  Apropriamo-nos destes conteúdos para restaurar valores ao nosso repertório e lugar, como parte da formação de uma nova cultura.

Uma das grandes contribuições de Deleuze foi ter se utilizado do cinema para expor sua forma de pensamento, através dos conceitos de imagem-movimento e imagem-tempo. Deleuze foi um dos filósofos que teorizaram as instâncias do atual e do virtual (já elaboradas por outros pensadores), construindo um olhar sobre o mundo a partir das possibilidades.

 

Então nos apropriamos de sua contribuição e trazemos uma programação que pensa sobre esse mundo em que estamos vivendo, dando um atendimento e uma abordagem de forma a ampliar as redes da cultura e sua difusão na cidade. Nosso objetivo com as ações propostas é de expandir o conhecimento e participação da população na abordagem sobre o fazer criativo, aproximando as falas das transformações sociais das últimas décadas intrinsecamente relacionadas às novas tecnologias da informação e da comunicação. Juntos e misturados, procurando a construção conjunta.

Em conjunto às ações e atividades da programação formativa, houve a realização de podcasts, webinares e lives nas redes, com profissionais e especialistas que complementaram escutas, conversas, estímulos ao público. Da Pesquisa à Clippagem, tivemos uma equipe de criadores e técnicos que acompanharam o projeto e a construção das mostras de artes visuais e de curtas metragens documentais. Abrimos a programação com um ensaio video-fotográfico para apresentar a linguagem no celular e as possibilidades de se roteirizar uma deriva e com o Debate Mix trouxemos convidados que debateram sobre a realidade e seus trabalhos, os caminhos da arte urbana, das ocupações artísticas e sobre o território, fazendo um "esquenta" para a programação.

Mandala em Sânscrito significa círculo e é uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo e no Budismo está ligada a roda do tempo e à busca de iluminação . Adotamos uma mandala estilizada no nosso projeto para representar essa relação com o espaço do hoje e das possibilidades. Assim, o Projeto VIA MIX contempla uma programação online e gratuita aberta ao público em geral oferecendo caminhos de formação, conhecimento e experimentação.

mandala-5180247_960_720.webp
00:00 / 03:02